quinta-feira, fevereiro 28, 2008

O VERDADEIRO E O FALSO AMIGO


Todo o amigo dirá: "Eu também contraí amizade contigo."
Há, porém, amigos que só o são de nome.

Não causa isto uma dor que perdura até à morte,
que o amigo de coração se converta em inimigo?

Ó presunção criminosa, onde tiveste origem,
para cobrir a terra com a tua perfídia?

O camarada aproveita-se do amigo nas suas diversões,
mas no tempo da tribulação será seu adversário.

O camarada condoi-se da desventura do seu amigo
no interesse do seu ventre;
à vista do inimigo, tomará o escudo.

Não te esqueças em teu coração do teu amigo,
no meio da riqueza, não percas a sua lembrança.



O bom e o mau conselheiro

Todo o conselheiro se vangloria no seu conselho,
e certos conselheiros só visam o seu interesse.

Diante de um conselheiro põe-te alerta,
informa-te primeiro quais são os seus interesses,
porque, antes de tudo, ele pensa em si mesmo,
não aconteça que ele lance sobre ti a desgraça,

e te diga: "Estás no bom caminho."
enquanto se põe do outro lado para ver o que acontecerá.

Não te aconselhes com quem quer ser igual a ti,
e aos que te invejam
guarda os teus segredos.

Não consultes uma mulher ciumenta sobre a sua rival,
um covarde sobre a guerra,
um negociante sobre os negócios,
um comprador sobre uma coisa para vender,
um invejoso sobre a gratidão,
um ímpio sobre a piedade,
um preguiçoso sobre o seu trabalho,
um operário contratado por ano sobre o termo do seu contrato,
um criado preguiçoso sobre uma grande tarefa!...
Não confies neles nem nos seus conselhos.

Antes, comunica assìduamente com um homem santo,
que reconheceres fiel ao temor de Deus,
cuja alma seja semelhante à tua,
e que se tropeçares, compartilhará da tua dor.

Atende ao conselho do teu coração,
porque ninguém te é fiel como ele.

A alma de um homem adverte-o melhor
que sete sentinelas postadas de atalaia.

Mas em todas as coisas pede ao Altíssimo
que dirija os teus passos na verdade.

A palavra de verdade preceda todos os teus actos
e um conselho estável preceda todas as tuas acções.

O coração está na base das mudanças de opinião,
dele brotam quatro ramos diferentes:

o bem e o mal, a vida e a morte;
sobre elas quem domina de contínuo é a língua.


Nenhum comentário: